Buscar
  • Agência Prime

GATILHOS MENTAIS PARA AS ESTRATÉGIAS DE MARKETING

Já imaginou se para qualquer decisão do nosso cotidiano precisássemos pensar em cada pequeno detalhe? Para respirar, por exemplo, teríamos que planejar as ações “agora puxe o ar”, “infle os pulmões”, “agora coloque o ar para fora”. Só de imaginar, o cérebro já cansa. Para facilitar e filtrar o que realmente é importante ou não, o nosso sistema nervoso usa uma série de mecanismos para tomar decisões. É assim que os gatilhos mentais agem no nosso cérebro, eles são diretrizes que nos ajudam a não precisar refletir sobre cada tomada de decisão.

Muitas vezes você já viu um curso sendo divulgado com as seguintes informações “vagas limitadas” ou “restam poucas vagas”. Aposto, que a primeira coisa que você pensa é que precisa reservar logo a sua vaga ou então vai perder a oportunidade. O mesmo vale para produtos, palestras, eventos. Esse é o gatilho mental da escassez, super útil e funcional.

Outro gatilho famoso é o da antecipação, pois ele ajuda a criar expectativas para o futuro. Vamos citar o exemplo da Apple, uma marca que investe pesado neste gatilho. Ela criou um evento anual exclusivo para divulgar as novidades que ainda vão surgir, tudo isso para deixar o público esperando pela data do lançamento. Após o evento, a marca compartilha uma prévia dos lançamentos nas redes sociais, desta forma, estimulando aquele “burburinho” entre os usuários.

Existe ainda o gatilho da reciprocidade, um dos mais nobres que existe. É um gatilho excelente para as marcas que desejam criar conexão emocional. Porém, antes de aplicá-lo, é preciso conhecer muito bem o público-alvo, para conseguir – de fato – entregar algo relevante para ele. Citamos como exemplo, empresas que oferecem dicas de decoração direcionadas ao seu público. Inconscientemente elas criam nas pessoas a necessidade de possuir determinado objeto para complementar o seu ambiente.

Existem muitos outros gatilhos mentais que podem ser aplicados nas estratégias de Marketing, cada um direcionado conforme os seus objetivos.

Realmente, os estímulos mentais facilitam a tomada de decisão. E, se aplicados da maneira correta podem engajar as pessoas, fazendo com que elas executem uma ação que trará inúmeros benefícios à sua empresa.

3 visualizações0 comentário